caderno galego-brasileiro
Inicio > Historias > Que língua é essa? 2
> Que língua é essa? 2 <

Excurso pelas margens do português ou Algumas amostras de português pouco ou nada razoável

Dona Marinha

O primeiro foi ũu cavaleiro boo que houve nome dom Froiam, e era caçador e monteiro. E andando ũu dia em seu cavalo per riba do mar, a seu monte, achou ũa molher marinha jazer dormindo na ribeira. E iam com ele tres escudeiros seus, e ela, quando os sentio, quise-se acolher ao mar, e eles forom tanto empos ela, ataa que a filharom, ante que se acolhesse ao mar. E depois que a filhou aaqueles que a tomarom fe-a poer em ũa besta, e levou-a pera sa casa.
E ela era mui fermosa, e el fe-a bautizar, que lhe nom caia tanto nome nem ũu como Marinha, porque saira do mar; e assi lhe pôs nome, e chamarom-lhe dona Marinha. E houve dela seus filhos, dos quaes houve ũu que houve nome Joham Froiaz Marinho.
E esta dona Marinha nom falava nemigalha. Dom Froiam amava-a muito e nunca lhe tantas cousas pode fazer que a podesse fazer falar. E ũu dia mandou fazer mui gram fugueira em seu paaço, e ela viinha de fora, e trazia aquele seu filho consigo, que amava tanto como seu coraçom. E dom Froia foi filhar aquele filho seu e dela, e fez que o queria enviar ao fogo. E ela, com raiva do filho, esforçou de braadar, e com o braado deitou pela boca ũa peça de carne, e dali adiante falou. E dom Froia recebeo-a por molher e casou com ela.

Do Livro de Linhagens do Conde D. Pedro de Portugal, século XIV

2003-05-16, 21:10 | 4 comentarios

Referencias (TrackBacks)

URL de trackback de esta historia http://omar.blogalia.com//trackbacks/8064

Comentarios

1
De: Martin Pawley Fecha: 2003-05-17 01:36

O que é o pouco razoável, o portugués ou a historia?



2
De: Omar Fecha: 2003-05-20 22:15

Obviamente o português, a história é bem razoável. Como explicaria você a origem da saga familiar dos Marinho? O mais curioso da história é que o dom Froia primeiro teve o filho com Marinha, sem se importar se era bicho ou não, e só depois, quando conseguiu falar, "recebeo-a por molher e casou com ela". Mesmo assim, nem é preciso ser sereia para às vezes ter como um pedaço de carne na garganta atrapalhando a capacidade de falar.



3
De: Martin Pawley Fecha: 2003-05-21 09:16

Non, se a historia é ben bonita. Un chisquinho drástico o xeito de a Marinha dar en falar, iso si.



4
De: professor luis coutinho Fecha: 2006-02-03 01:43

voces são idiotas ou não percebem a dimensão do texto?



Nombre
Correo-e
URL
Dirección IP: 23.20.54.196 (9e7ca5c539)
Comentario


Coisas velhas
<Junio 2017
Lu Ma Mi Ju Vi Sa Do
      1 2 3 4
5 6 7 8 9 10 11
12 13 14 15 16 17 18
19 20 21 22 23 24 25
26 27 28 29 30    
             

Prestige: exigimos responsabilidades

Dias estranhos

Una cuestión personal

Carta Aberta

Montanha Mágica

miniscente

Galiza Canibal

Blogaliza

O Cu do Mundo

Vieiros

Biblioteca Virtual GAlega

Documentos

Categorías

Blogalia

Blogalia

© Omar